Take a fresh look at your lifestyle.

Doação de sangue não deve parar por conta do Coronavírus

O Ministério da Saúde alertou a toda população para que não deixem de realizar a doação de sangue por conta da pandemia do coronavírus. Essa medida foi tomada por conta de pacientes que têm anemia crônica, vítimas de acidentes, e diagnosticados com câncer, dengue hemorrágica e febre amarela.

Em relação a isso, o MS esclareceu que os doadores não precisam ser preocupar por conta de riscos de contaminação já que todo processo é feito de forma segura respeitando as normas que estabelecem que todos os materiais usados são descartáveis e de uso único.

Os interessados em se tornarem doadores de sangue devem ter no mínimo 50 kg e terem idades entre 16 e 69 anos. Os menores de idade devem apresentar o consentimento formal dos responsáveis.

Pessoas que estão gripadas, que fizeram tatuagens nos últimos 12 meses, grávidas ou amamentando estão impedidas de realizar a doação. Vale destacar que os doadores têm direito a vários benefícios destacados nas leis n° 219/09 e nº 1.075, de 27 de março de 1950.

A Lei n° 219/09 estabelece aos doadores o direito de ter o atendimento prioritário em filas de banco e lotéricas, para isso deve se apresentar a carteirinha de doador. Já a Lei nº 1.075, de 27 de março de 1950 garante o direito a um atestado médico.

Para obter mais conteúdos siga o Agora Notícia MT no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!
Carregando...