Take a fresh look at your lifestyle.

Irmãos são baleados e morrem dentro de carro em Tangará da Serra-MT

Terceira pessoa conseguiu fugir

Para obter mais conteúdos siga o Agora Notícia MT no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Dois irmãos identificados como Jhonatan Gouveia da Silva, 28, e Antônio Marcos Rodrigues de Araújo da Silva, de 35 anos, foram mortos à tiros na noite da última quinta-feira (04), em uma residência localizada no bairro Vila São João, em Tangará da Serra.

Segundo informações, Jhonatan tinha recém-chegado de Cuiabá com uma outra pessoa, e que Antônio teria ido buscá-los na rodoviária, quando chegaram em casa foram abordados por três criminosos armados que rapidamente passaram a atirar contra o veículo em que as vítimas estavam.

Conforme apurado, Jhonatan e Antônio estavam no banco da frente e foram baleados. Já a testemunha, que também estava no veículo conseguiu descer e correr para dentro de uma casa nas proximidades onde conseguiu se esconder e buscar por ajuda.

De acordo com informações, os bandidos estavam em dois carros, sendo um Fiat Siena e um Chevrolet Onix. Após os tiros, ambos fugiram nos dois veículos tomando rumo ignorado.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, porém constatou o óbito dos dois irmãos. A terceira pessoa que estava com eles não se feriu. A Polícia Militar colheu as características dos suspeitos e dos carros utilizados na ação e realizaram buscas, porém até o momento ninguém foi preso.

Os corpos dos irmãos foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML), onde passarão por exames de necropsia e posteriormente serão liberados aos familiares para os procedimentos fúnebres.

Estiveram no local do crime, equipe da Polícia Civil e Politec (Perícia Oficial e Identificação Técnica), colhendo dados que possam ajudar a elucidar esse crime e apontar uma possível motivação. Durante trabalhos, foram recolhidas cerca de 50 cápsulas de calibres .40, 380 e 9mm.

Além das cápsulas, os investigadores ainda apreenderam um celular pertencente a uma das vítimas. O aparelho deverá passar por perícia. Não foi apontado se os irmãos possuíam passagens criminais. O caso segue sendo investigado pela Polícia Judiciária Civil.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Saiba Mais