Take a fresh look at your lifestyle.

PSB ganha “musculatura” com centenas de filiações em mega ato político em Rondonópolis

Em evento com mais de duas mil pessoas, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira assistiu uma demonstração de força política e popular do novo grupo que chegou à legenda

Para obter mais conteúdos siga o Agora Notícia MT no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

O maior centro de eventos região sul de Mato Grosso, em Rondonópolis (240 km de Cuiabá) ficou pequeno para acolher milhares de pessoas que participaram do Ato de Filiação ao PSB realizado na noite de quinta-feira, 16.  No evento, que foi organizado e capitaneado pelo prefeito de Rondonópolis e pela primeira dama dona Neuma Morais, a legenda socialista recebeu o reforço de centenas de novos militantes e ganhou musculatura extra para as eleições de 02 de outubro.

PSB ganha “musculatura” com centenas de filiações em mega ato político em Rondonópolis
Foto: Assessoria

Com a presença do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira e do presidente regional da legenda, deputado estadual Max Russi, o ato político reuniu as principais lideranças do PSB em Mato Grosso.

No campo do apoio popular, o ato teve ainda a participação de caravanas e representantes de indígenas das etnias Bororo e Xavante, do MST, MTA, do MTST, associações de pequenos produtores familiares, assentados e acampados, movimentos estudantil e comunitário, associações e sindicatos de trabalhadores.

Cerca de 10 prefeitos da região sul, centro leste e leste do estado prestigiaram o evento. Também foram anotadas as presenças dos vereadores de Sorriso, Maurício Gomes, Adriana Márcia dos Santos, de Castanheira e Wellington Marques, de Barra do Garças, ex-prefeito de Cáceres, Túlio Fontes, pré-candidatos à deputado estadual. Bem como do deputado estadual Sargento Joelson, de Cuiabá, que irá disputar a reeleição.  Representando Rondonópolis na disputa por cadeiras na Assembleia Legislativa, os vereadores Roni Magnani e Marildes Ferreira também compuseram o rol de lideranças e pré-candidatos no ato público.

As participações no evento de dona Neuma de Morais, ex-secretária de Promoção e Assistência Social, da professora aposentada e ex-senadora Serys Marli, que disputarão vagas na Câmara Federal, e da médica Natasha Slhessarenko, pré-candidata ao Senado da República, deixaram evidente que a força feminina será fundamental no desempenho eleitoral que o PSB mato-grossense busca consolidar no pleito deste ano.

Em seu discurso, dona Neuma de Morais lembrou a gravidade do momento político que o país atravessa com o desmonte das políticas públicas de amparo à população carente, dos direitos dos trabalhadores, a crise econômica gerada pelas medidas neoliberais do governo de Jair Bolsonaro que vem aprofundando a pobreza, o desemprego, a desvalorização dos salários, estagnação e precarização dos empregos, gerando descontrole da inflação, provocando aumento da fome e da violência.

“Mato Grosso precisa ter na Câmara Federal uma voz que não defenda tão somente os ricos e o agronegócio, mas sim, a melhoria de vida dos mais pobres, os mais necessitados”, afirmou ao explicar porque decidiu colocar seu nome como pré-candidata à deputada federal depois de 40 anos atuando apenas nos bastidores da política ao lado do marido e no sindicato ao qual é filiada como professora da rede pública de educação, o Sintep.

A meta eleitoral do PSB, segundo Max Russi, é assegurar duas cadeiras na Câmara Federal e a vaga no Senado. “Temos chapa forte e completa para o Congresso Nacional e as pesquisas indicam amplas chances de alcançarmos nossos objetivos. Este evento consolida nossas expectativas e demonstra que o PSB de Mato Grosso está preparado para as urnas e para ampliar seu espaço entre os grandes partidos”, frisou o parlamentar em seu discurso.

O prefeito de Rondonópolis, por sua vez, destacou que sua entrada para o PSB é fruto da consciência de que o Brasil precisa retomar o trilho do desenvolvimento inclusivo com um governo que seja, de fato, comprometido com as causas dos trabalhadores, da população carente, que tenha a vida das pessoas como prioridade. “O PSB é um partido de esquerda sério, comprometido com a democracia, com os direitos dos trabalhadores, com o desenvolvimento do país com justiça e igualdade social. Por isso nosso grupo está aqui em peso para somar como o partido”, discursou.

PSB ganha “musculatura” com centenas de filiações em mega ato político em Rondonópolis
Foto: Assessoria

Para Zé do Pátio, os resultados positivos da sua gestão à frente da prefeitura rodonopolitana poderiam ser ainda maiores e melhores caso o país tivesse na presidência alguém estivesse preocupado com as necessidades básicas do povo, em fazer política para melhorar a qualidade de vida dos mais necessitados. “O presidente Bolsonaro não está preocupado em gerar empregos e renda, cuidar da saúde, da educação, da habitação, do saneamento, da urbanização, do transporte, da segurança pública. Ele não gosta do povo. Gosta é de motociatas, passear de jetsky e lancha, curtir praias e viagens, distribuir fakenews e fazer lives para alimentar o ódio e a violência contra quem não comunga das suas ideias irresponsáveis. Isso precisa mudar e o PSB, com Alckmin e Lula, a partir do ano que vem, vai colocar o Brasil no rumo novamente”, frisou o prefeito.

PSB ganha “musculatura” com centenas de filiações em mega ato político em Rondonópolis
Foto: Assessoria

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Saiba Mais