Take a fresh look at your lifestyle.

Mulher confessa que matou e esquartejou filho de 4 meses

Para obter mais conteúdos siga o Agora Notícia MT no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

A Polícia Civil da cidade de Sorriso declarou no início desta semana que o caso da morte do bebê B.S.O., de quatro meses, foi concluído. De acordo com informações, a mãe do menino durante depoimento confessou a autoria da morte e responderá pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

De acordo com a suspeita, de 22 anos, o assassinato ocorreu na madrugada de sexta-feira (14). Ela teria pegado um travesseiro e sufocado o filho que ainda estava no carrinho, após um minuto ela constatou que a criança ainda estava viva, e novamente fez o movimento para asfixiar o bebê, pressionando o travesseiro com mais força por cerca de três minutos. Ela afirmou que parou de sufocar a criança após constatar que o menino não fazia mais barulho.

Após checar e constatar que a criança estava morta, a suspeita afirmou que levou o corpo até a pia da cozinha, onde cortou braços e pernas. O tronco da criança foi enterrado em um buraco em um tanque de lavar roupas no quintal do imóvel.

Já os braços e pernas foram colocados em duas latas de bebida láctea, que posteriormente foram embaladas em sacos de lixo e depositadas na lixeira. Todo esse processo terminou no amanhecer. Posteriormente, a mulher foi ao mercado e comprou bicarbonato de sódio, álcool e água sanitária, que usou para limpar a cozinha.

Já no final do dia, a suspeita foi até a rodoviária onde comprou uma passagem para Cuiabá. Ao chegar na Capital, ela comprou outra passagem, para Porto Velho, sendo que chegou na tarde de domingo à capital de Rondônia.

Após o depoimento, o delegado confirmou que a suspeita será transferida para a Penitenciária Ana Maria do Couto May, em Cuiabá.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Saiba Mais