Take a fresh look at your lifestyle.

Como será punida a mulher que atacou os filhos de Giovanna Ewbank? Saiba mais

Para obter mais conteúdos siga o Agora Notícia MT no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!

Giovanna Ewbank ficou entre os assuntos mais comentados das redes sociais no último final de semana. Isso porque rolou um vídeo na internet onde aparece a atriz brigando com uma mulher branca. Essa mulher teria cometido racismo contra Titi e Bless, filho adotivos da famosa. Além disso, ela deixou claro que chegou a agredir a autora no meio do restaurante.

Após fazer o seu papel de mãe, Giovanna Ewbank fez questão de chamar a polícia e fazer um B.O contra a mulher e ela acabou sendo detida pelos agentes locais. A situação ganhou grande repercussão aqui no Brasil, tanto que a atriz concedeu diversas entrevistas para veículos de comunicação. Mas a pergunta que não quer calar, ela será punida por racismo?

Em entrevista para a coluna do Léo Dias, a advogada, Dra. Antilia Reis, revelou que em Portugal lei que pune racistas ou xenofóbicos. Ou seja, não há condenação na esfera criminal.

“Em Portugal não temos a qualificação do ódio racial no artigo 240 do Código Penal, que tipifica os crimes de discriminação e injúria. No caso da agressora, envolvendo os filhos dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, entendo que como as palavras depreciativas, vexatórias e humilhantes com a intenção de ofender a honra da vítima, são motivadas por etnia, raça e cor devem ser denunciados junto às autoridades”, explica advogada.

“Mesmo não havendo tipificação legal, pode a justiça portuguesa por analogia aos Tratados Internacionais condenar um agressor pacificando Jurisprudência no caso”, esclarece Antilia Reis.

Assessoria de Giovanna Ewbank publica nota

Após toda a repercussão, a assessoria da atriz publicou uma nota repudiando os ataques de racismo sofrido pelas crianças. Além disso, contou como aconteceu tudo. Confira logo abaixo a nota na íntegra.

“Comunicamos que os filhos do casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso foram vítimas de racismo no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, neste sábado, dia 30 de julho, onde a família passa férias.”

“Uma mulher branca, que passava na frente do restaurante, xingou, deliberadamente, não só Títi e Bless, mas também a uma família de turistas Angolanos que estavam no local – cerca de 15 pessoas negras. A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outras absurdos proferidos às crianças, tais quais ‘pretos imundos’.”, continuou a equipe dos artistas.

“Confirmamos, conforme vídeos que já circulam no Brasil, que Giovanna reagiu e enfrentou a mulher, enquanto Bruno Gagliasso, seu marido, chamou a polícia. A mulher foi levada escoltada e presa. Informamos ainda que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa.”

“A Trigo Casa de Comunicação lamenta as agressões sofridas por Títi, Bless e os turistas angolanos e apoia integralmente as ações tomadas por Giovanna e Bruno. Racismo é crime.”

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Saiba Mais