Conecte-se Conosco

Economia

Conheça 6 dicas para quitar as dívidas do cartão de crédito

Publicado

em

Conheça 6 dicas para quitar as dívidas do cartão de crédito

Perder o controle dos gastos, estourar o limite do cartão de crédito e se apertar na hora do pagamento, são coisas que acontecem com muito mais frequência do que imaginamos. Aí que vem às possibilidades oferecidas pelos cartões de pagamentos mínimos, ou parcelamentos da fatura, o que faz com que o consumidor pague altas taxas de juros. Então qualquer atraso ou imprevisto na hora do pagamento das parcelas pode gerar a famosa bola de neve, deixando o consumidor cada vez mais endividado.

Mas é possível uma negociação para se livrar das dívidas, esse processo pode ser não tão rápido, mas com um pouco de calma é sim possível, pois é algo vantajoso para ambos os lados, a empresa recebe e o consumidor se livra da dívida e do nome negativado. Confira as dicas a seguir.

Confira 6 dicas para sair das dívidas do cartão de crédito

  1. Manter as contas anotadas

Com as contas anotadas tudo se torna mais fácil, pois assim a pessoa terá um balanço sobre o que será possível ser gasto no mês, os juros que serão pagos, o valor da parcela e assim o orçamento sairá conforme o planejado.

  1. Entre em contato com a central do cartão de crédito

A partir do contato com a central você ficará informado sobre os valores que podem ser pagos mensalmente, assim escolherá um que realmente esteja em seu orçamento.

  1. É importante perguntar qual o Custo Efetivo Total (CET) da dívida do Cartão de Crédito

É de extrema importância ficar claro qual o valor total que você pagará, somando os juros, as taxas e os impostos que são cobrados na negociação. Essa informação é direito do consumidor, é obrigação da empresa negociadora fornece-la.

  1. Faça prestações com um valor fixo

Verifique o valor total da sua dívida e negocie em parcelas com valores fixos, opte por não haver alterações de valores nas prestações negociadas, pois assim o seu débito vai diminuindo gradativamente.

  1. Procure uma proposta de negociação que seja boa para você

A palavra já diz negociação, ambos os lados verão o que é melhor para si. É importante se atentar aos valores que sejam possíveis manter o pagamento das prestações em dia, pois assim não haverá complicações futuras causando mais dores de cabeça.

  1. Caso seja viável, vale trocar uma dívida cara por uma menor

Caso o valor negociado saia bem mais barato com o pagamento a vista, vale considerar a opção de fazer um empréstimo onde os juros serão menores e quitar o valor da negociação.

Caso o banco se recuse a negociar

Caso não consiga entrar em acordo por falta de consenso da agência fornecedora do cartão, existem órgãos especializados em oferecer ajuda ao consumidor, como o PROCON (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor), que busca informações sobre o débito e formas de negociação, e a Andif (Instituto de Defesa dos Consumidores do Sistema Financeiro) que investiga a dívida e a quantidade de juros cobrados e a Defensoria Pública que também pode apoia-lo. Há várias maneiras de conseguir negociar o débito do cartão de crédito em atraso, o que não se deve fazer é deixar de quitar sua dívida.

Fundador e CEO do portal Agora Notícia MT, e apaixonado por Notícias. Moro no interior do Mato Grosso e tenho 25 anos.

Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2020 Agora Notícia MT.